quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Avança a normalização sobre o BIM no Brasil

A normalização referente ao Building Information Modelling (BIM) no Brasil, incluindo sistemas de classificação de elementos e componentes da construção, tem seu desenvolvimento apoiado na disseminação desse conceito inovador e nas aplicações das tecnologias correlacionadas ao tema nos diversos setores da cadeia industrial da construção civil no país.

O desenvolvimento da sua normalização ocorre no âmbito da Comissão de Estudo Especial de Modelagem de Informação da Construção (BIM), a ABNT/CEE-134, que foi instalada em junho de 2009 pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) em atenção à solicitação do então Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

À época, de acordo com a ABNT, por meio de estudos realizados na agenda de ações da Política de Desenvolvimento Produtivo (PDP) setorial da Construção Civil, identificou-se a necessidade do desenvolvimento de Normas Brasileiras para a classificação de padrões e componentes construtivos. Era preciso, inicialmente, suprir a lacuna de padrões de referências nacionais de terminologia e de caracterização de componentes da construção.

“Em abril deste ano, o Decreto nº 10.036 estabeleceu a utilização do BIM na execução direta ou indireta de obras e serviços de engenharia, realizada por órgãos e entidades da administração pública federal, com implementação em etapas, a partir de 2021 até 2028, incluindo licitações, planejamento e o controle da execução de obras, entre outros aspectos”, destaca o diretor geral da ABNT, Ricardo Fragoso. (Boletim ABNT).

Sinergia de esforços


De acordo com a ABNT, ao longo de toda a trajetória de elaboração de normas relacionadas ao BIM no Brasil, tem sido crescente o envolvimento e o interesse de aproximação e colaboração com os temas estudados para desenvolvimento da normalização aplicada nos setores diretamente relacionados à infraestrutura.

Tal sinergia de esforços e contribuições das Partes Interessadas (PI) tem significante ampliação com as respectivas participações nos desenvolvimentos dos estudos e projetos de normas no âmbito da Comissão a partir de 2017.

As reuniões plenárias da ABNT/CEE-134 ocorrem na primeira quinta-feira de cada mês e desde 2019 são realizadas com viabilidade para participação presencial ou remota via plataforma web.

Os interessados em participar devem entrar em contato enviando e-mail para wemerson.silva@abnt.org.br, na Gerência do Processo de Normalização.

O acompanhamento do BIM integra o projeto ‘Inovação e Tecnologia’ da Comissão de Materiais, Tecnologia, Qualidade e Produtividade (Comat) da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em co-realização com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Nacional).

Fonte: CBIC / Agosto 2020

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre a

IMMOBILE Arquitetura

Ela foi idealizada em 2008 pelo arquiteto e urbanista Expedito Junior, com o objetivo de criar e implementar projetos de alta performance e profundidade técnica, executados para atingir os melhores índices de rentabilidade de acordo com a individualidade de cada empreendimento e negócio. Constituída por uma equipe de profissionais que possuem diferentes visões de mercado, procuramos manter um relacionamento estreito com os investidores, construtores e principalmente possibilitando a maior eficiência e agilidade nos processos de criação, regularização e entrega.




Assine a nossa newsletter para receber as últimas notícias do blog diretamente em seu E-mail. Fique tranquilo, também não gostamos de SPAM

Você também pode gostar